Notícia

25 Out
  • nenhum comentário
    Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto

ABRATES - 48 anos a serviço da ciência e da tecnologia de sementes no BR

A realização dos congressos, bem como o fomento à publicação científica são marcas registradas da Associação

Em setembro deste ano a Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes completou 48 anos de história a serviço da ciência e da tecnologia de sementes no país. Uma trajetória marcada por muitas conquistas e inovação.

Em 1970, durante o III Seminário Brasileiro de Sementes, realizado em Recife-PE, a Drª Odette Haffen Teixeira Liberal reuniu 25 colegas em torno de um interesse comum: fomentar a pesquisa na área de sementes no Brasil. Assim, surge a ABRATES, tendo a Drª. Odette como sua primeira presidente.  Foi sob sua gestão que a Associação teve o primeiro Estatuto feito, aprovado e registrado no Cartório do Rio de Janeiro. Além disso, realizou-se o I Encontro Nacional de Técnicos em Análise de Sementes (I ENTAS), em 1971, na cidade de Porto Alegre. Assim, com a publicação dos Anais do I ENTAS e a adesão de mais de 100 sócios, a ABRATES tem sua existência consolidada.

Nove anos após a sua criação, a ABRATES organiza o I Congresso Brasileiro de Sementes, em Curitiba – PR (Foto dos Resumos) e nesse mesmo ano lança sua revista científica, a Revista Brasileira de Sementes (Foto da Revista), sendo o seu idealizador e primeiro editor o Dr. Flávio Popinigis.

A realização dos congressos, bem como o fomento à publicação científica são marcas registradas da Associação que, nestes 48 anos, já realizou 20 grandes congressos. 

CBSementes - Ano e Cidade

 

História da ABRATES

 

Além dos eventos congressos científicos, a ABRATES oferece cursos de formação e atualização para os profissionais que atuam na Indústria Sementeira. Em parceria com a Universidade Federal de Lavras - UFLA promove os cursos de:

  • Analista de Sementes, que está na XII edição;
  • Amostrador de Sementes, na XI edição;
  • Avaliação da Qualidade Fisiológica de Semente de Algodão, na sua II edição.

Em parceria com o Prof. Dr. Júlio Marcos-Filho, da USP, oferece o Curso de Fisiologia de Sementes, que já está na sétima edição e capacitou mais de 550 alunos.  

Seguindo o princípio de educação em sementes, a ABRATES criou a editora ABRATES, com vários títulos publicados:  

  • Fisiologia de Sementes de Plantas Cultivadas, editado em Português, Espanhol e Inglês;
  • Sementes Florestais Tropicais: da ecologia à produção;
  • Sementes e propágulos – guia de identificação
  • Manual de Formação de Amostradores de Sementes
  • Manual do Analista de Sementes de Grandes Culturas
  • Manual de Procedimentos de Análise de Sementes Florestais
  • Vigor de Sementes – Conceitos e Testes
  • Sementes e Propágulos - Guia de Identificação

deixe seu comentário

Edições
O que é ABRATES em Foco?

ABRATES Em Foco é uma publicação eletrônica dirigida aos nossos associados, colaboradores, parceiros, assistência técnica, produtores, estudantes, profissionais da indústria de sementes, pesquisadores, engenheiros agrônomos, lideranças, formadores de opinião e representantes da imprensa especializada, enfim, a todos aqueles que de alguma maneira fazem parte da rede brasileira de produção de sementes.

Os leitores recebem o ABRATES em Foco via e-mail e podem ler seu conteúdo no site da ABRATES.

Destinamos o ABRATES em Foco à publicação de conteúdo jornalístico, informações técnicas, notícias de interesse para a indústria de sementes, além de manter os associados atualizados quanto às ações institucionais da ABRATES.

A publicação também poderá auxiliar a divulgação dos avanços e pesquisas nas áreas de Ciência e Tecnologia, publicados no Journal of Seed Science, antiga Revista Brasileira de Sementes (RBS), e no Informativo ABRATES.

Os leitores encontram aqui um espaço para apresentar opiniões, enviar sugestões de pautas para matérias técnicas, novidades do setor, evoluções tecnológicas do segmento, entre outros assuntos.

Para contribuir, envie seu texto, sugestão ou crítica para abratesemfoco@abrates.org.br



Torne-se um associado

E integre uma importante rede de pesquisa e ciência

Associe-se

Inscreva-se agora e receba nossa newsletter