ABRATES e UFLA formam nova turma de analistas de sementes
05/02/2017

Curso é único no País

De 06 a 09 de maio, 30 profissionais de diversos estados brasileiros participaram do Curso Teórico-Prático de Capacitação de Analistas de Sementes, realizado na Universidade Federal de Lavras (UFLA), em parceria com a Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES). Trata-se do único curso de capacitação técnica ofertado no País. A vice-reitora da UFLA, Édila Vilela de Resende Von Pinho, o presidente da ABRATES, José de Barros França Neto e a coordenadora do curso, a professora Maria Laene Moreira de Carvalho, participaram da cerimônia de abertura desta edição.

O curso foi ministrado no Setor de Sementes do Departamento de Agricultura (DAG), Laboratório de Análise de Sementes, com apoio do Núcleo de Estudos em Sementes (Nesem). As aulas foram ministradas pela professora Laene, com o apoio de quatro pesquisadoras em pós-doutoramento no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia ? Setor de Sementes.

Professora Laene e as pesquisadoras do Setor de Sementes
Professora Laene e as pesquisadoras do Setor de Sementes

Com carga horária de 40 horas, os participantes receberam os princípios básicos de análise de sementes, sendo capacitados a realizar o controle da qualidade de sementes de diversas espécies. Nesta edição, participou como palestrante convidada a fiscal do Ministério da Agricultura Myriam Aparecida Guimarães Leal Alvisi, responsável pelo Laboratório Oficial de Belo Horizonte e uma das organizadoras do documento ?Regras para análises de sementes?, lançado pelo Ministério da Agricultura em 2009.

http://www.ufla.br/ascom/wp-content/uploads/2013/05/10.05-curso-an%C3%A1lise-sementes.jpgParticipantes do curso no Laboratório de Análise de Sementes da UFLA

A engenheira agrônoma Daniele Ribeiro saiu de Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, para participar do curso na UFLA e ficou satisfeita com o resultado. A profissional já tinha feito estágio em laboratórios de sementes e queria se especializar em análises para ter um diferencial em seu currículo.

Essa avaliação positiva também foi compartilhada pelo engenheiro agrônomo Bruno Pellegrini, que trabalha em uma empresa de tecnologias de sementes em Holambra, no Estado de São Paulo. Apesar de não trabalhar diretamente com análises de sementes, o profissional fez o curso de capacitação para facilitar os pedidos de análises e também na avaliação dos resultados.

 

Formandos do Curso Teórico-Prático de Analistas de Sementes - edição 2013

Formandos do Curso Teórico-Prático de Analistas de Sementes ? edição 2013

O Curso Teórico-Prático de Capacitação de Analistas de Sementes é ofertado anualmente pela parceria ABRATES/UFLA. Interessados devem acompanhar a abertura de inscrições no site da Abrates http://www.abrates.org.br/portal/index.php.

Com informações da Assessoria de Imprensa da UFLA.