Notícia

10 Jun
  • nenhum comentário
    Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto

Curso sobre produção de sementes e mudas faz sucesso no formato online

Promovido pela Embrapa Semiárido, capacitação já vai para a segunda edição, que acontece de 15 a 26 de Junho

As limitações impostas pela atual pandemia têm impactado todos os setores da sociedade. A pesquisa e o ensino na área agro não são diferentes. O fato é que a dificuldade também aguça a criatividade e acaba por resultar em soluções inteligentes e frutíferas. 

Foi assim com o Curso Produção e Tecnologia de Sementes e Mudas, programado para acontecer como um treinamento local na Embrapa Semiárido, mas que não poderia ser realizado presencialmente. Surgiu então o impasse, desistir ou converter a experiência para um formato para o qual nunca havia sido pensada?

 “Veio a nossa quarentena e minha Chefe de Transferência de Tecnologia, Dra. Lúcia Kiill, sugeriu que eu ministrasse (o curso) online. Pensei uns dias e retornei falando que estava insegura. O que me incentivou foram as palavras da Supervisora do Núcleo Local de Inovação e Tecnologia, Daniela Campeche "Se tem alguém que dá conta de fazer esse curso, é você." Fui desafiada, né?! Não tinha como não fazer!”, relata a Dra. Bárbara França Dantas, pesquisadora da Embrapa Semiárido e responsável pelo curso. 

Apesar do desafio de lidar com o cenário da web e tecnologias que normalmente não são parte do dia a dia, a grande curiosidade, característica dos pesquisadores, facilitou a tarefa. E assim, o curso que normalmente era ministrado para 50 pessoas, atingiu 250 alunos na primeira turma, deixando mais de 1.500 na lista de espera. Trazer o curso para o formato online também possibilitou atingir um público mais amplo. Enquanto os participantes do curso presencial costumavam ser, na maioria, estudantes da região, a versão online teve mais profissionais inscritos e pessoas de todas as áreas de ciência em sementes de todo o Brasil.

Como alternativa para adequar o conteúdo ao novo formato e torná-lo mais dinâmico para ser acompanhado à distância, a pesquisadora resolveu incrementar o quadro de “professores”, convidando os  amigos sementeiros a contribuir com o conteúdo. A participação poderia vir na forma de um depoimento, palestra, aula, apresentação de algum trabalho de pesquisa, o que os deixasse mais confortáveis. Como resultado, o curso contou com a participação de 12 profissionais da área de pesquisa de sementes, de acordo com a tabela abaixo. 

INSTRUTOR

INSTITUIÇÃO

NOME DA APRESENTAÇÃO

Fátima C.M. Piña-Rodrigues

Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) Sorocaba

Potencial produtivo das redes comunitárias de sementes florestais

Elza Alves Corrêa

Universidade Estadual Paulista (UNESP) Registro

Fatores que afetam a produtividade de sementes

Bárbara França Dantas

Embrapa Semiárido

Qualidade de sementes

José de Barros França-Neto

Embrapa Soja

Qualidade de sementes

Rafael Marani Barbosa

Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

Teste rápido baseado em produção de etanol para avaliar a qualidade fisiológica de sementes

Claudinéia R. Pelacani Cruz

Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS)

Armazenamento de Sementes: princípios e usos

Alexandre  Marques

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Sementes Recalcitrantes

Ailton Rodrigues

Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Dormência de sementes

José Eduardo S. B. da Silva

IFPI Campus Corrente

Tratamento de sementes com atenuadores de estresse

Marcos Vinícius Meiado

Universidade Federal de Sergipe (UFS) -  Itabaiana

Memória hídrica em sementes de regiões semiáridas e suas implicações ecológicas

Bárbara França Dantas

Embrapa Semiárido

Produção e qualidade de sementes da Caatinga em um mundo em transformação

Francislene Angelotti

Embrapa Semiárido

Mudanças Climáticas e a Patologia de Sementes e Mudas

Denise Garcia Santana

Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Que legado o COVID-19 deixará para as sementessobre predição a partir de modelos exponenciais?

“Fiz questão que tivéssemos um momento de interação que eu chamei de aula tira-dúvidas, no formato de videoconferência com transmissão para o YouTube. Essas foram fantásticas, com uma interação e um bate papo muito bom com os instrutores. A participação das pessoas foi maior na aula tira-dúvidas de Qualidade de sementes, foram mais de duas horas de perguntas e respostas e conversas, conta a pesquisadora. 

Inscrições abertas para a segunda turma

Motivada pelo sucesso da primeira turma, as inscrições para a segunda turma já estão abertas e podem ser feitas online até o dia 12 de junho.  O curso será realizado de 15 a 26 de Junho e terá a participação de 20 professores, incluindo os pesquisadores da Embrapa Soja, membros da diretoria da ABRATES / Comissão Organizadora do XXI CBSementes,  Ademir Assis Henning, Fernando Augusto Henning, Francisco Carlos Krzyzanowski e José de Barros França-Neto como palestrantes nos respectivos temas: 

  • Patologia de Sementes; 

  • Biotecnologia e qualidade de sementes;

  • Controle de Qualidade na Recepção, Secagem, Beneficiamento, Armazenamento e Transporte;

  • Teste de tetrazólio em sementes.

 

Confira mais detalhes da programação e inscreva-se

 

deixe seu comentário



Torne-se um associado

E integre uma importante rede de pesquisa e ciência

Associe-se

Inscreva-se agora e receba nossa newsletter